Ansiedade por Separação




Ansiedade por Separação
.
Alguns cães sentem imensa dificuldade de ficarem sozinhos ou distantes de uma pessoa em específico, geralmente seu tutor. Esse mal estar pode gerar problemas comportamentais na ausência ou quando o cão percebe que o objeto de apego vai se ausentar. Vocalização, destruição, micção e defecção, entre outros são alguns dos comportamentos consequentes desse tipo de ansiedade que pode ter uma série de causas que vão desde apego excessivo ao tutor, traumas, medo, falta de #rotinacaninaideal …
.
É possível modificar isso, ajudando o cachorro a se sentir melhor quando for necessário ficar sozinho, e para isso, é essencial a orientação e acompanhamento de um profissional experiente  para que a família do cão seja guiada pelas diversas fases do processo de modelagem comportamental que tais casos requerem..
.
Nesses 14 anos de profissão tenho ajudados diversos cães e suas famílias a tratarem a síndrome de maneira que possam ter uma vida normal e de qualidade para ambos. E até hoje, coincidência ou não, nunca foi preciso a utilização de medicações (obviamente que neste caso seriam prescritas por um médico veterinário), mas a dedicação, consistência e paciência dos tutores é sempre fator FUNDAMENTAL.
.
O processo deve ser encarado como de médiolongo prazo, não almejando resultados imediatos, e compreendendo que a idade do cão é fator a se considerar diante do tempo necessário para começarmos a perceber a modificação comportamental esperada. Mesmo assim, cães com idade avançadas são totalmente passíveis de melhora, e não raras vezes tem me surpreendido.
.
Em qualquer fase os cães podem desenvolver a síndrome, e cães oriundos de resgates (que foram abandonados e ou passaram por situações traumáticas)  são fortes candidatos. Entretanto, tem sido muito comum em cachorros humanizados e com rotina medíocre, bem como consequência da inabilidade dos tutores do cão em saber como lidar com a espécie em questão.
.
A prevenção se dá mediante protocolos que visam promover cães equilibrados e independentes, e devem ser utilizados desde a primeira fase do cão. Já a terapêutica requer o ajuste da rotina e técnicas de modelagem comportamental.
.

Informações: contato@educadoracanina.com.br

Emmanuelle Moraes

Deixe um comentário

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Error: admin-ajax.php test was not successful. Some features may not be available.

Please visit this page to troubleshoot.

Subscribe to our creative news & articles We will be emailing you the updates.
Inscreva-se.


pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese