Quem tem um cão reativo tem pressa!


O tutor de um cão reativo vive constantemente alerta e tenso em todos os momentos que precisa estar com o cachorro nas situações, muitas vezes, rotineiras mas pelas quais o seu cachorro não esta apto a vivenciar.

Ocorre que, uma enorme parcela desses momentos pelos quais os cães ainda não estão aptos fazem parte da rotina diária, como exemplo a hora do passeio. E pior, uma grande parte dessa parcela de cães reativos tem o agravante de viver em apartamentos localizados em regiões 100% urbanas.

E o que é uma necessidade diária se torna um pesadelo a ser vivenciado todo santo dia pela família multiespecie como: sair do apartamento, tomar o elevador, caminhar pela área do condomínio e transitar pelas calçadas movimentadas.

Esse tutor tem pressa! E dizer para ele que vai levar muito tempo para melhorar o comportamento do seu cão e tornar possível conduzi-lo até a rua sem eminências de ataques, escândalos e constrangimentos é certo que vai deixa-lo desesperado.

E tutores desesperados ficam suscetíveis de buscar ajuda de profissionais altamente punitivos, capazes de suprimir comportamentos indesejados que, a olhos leigos, é algo muito desejado e positivo para aquela família. Além disso, tais cães correm o risco de viverem confinados em uma sacada de apartamento ou de serem abandonados.

Portanto, se você trabalha com educação canina e deseja ajudar os cães e seus tutores, além de evitar que o pior aconteça, você precisa saber como fazer modelagem comportamental com pontualidade e viabilidade para o seu cliente.

Entre em contato para saber sobre o Processo Seletivo para a nossa Mentoria em Reatividade Canina que começa agora, em outubro.

por Emmanuelle Moraes


Deixe um comentário

Subscribe to our creative news & articles We will be emailing you the updates.
Inscreva-se.


pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese